quinta-feira, 19 de maio de 2016

Mixórdia de temáticas

Chegou o calor. Dele não me queixo, aliás é como os sapatos: nunca é demais. Só me queixo do pólen que a ele veio agarrado e que me faz andar aos espirros e coçadelas. Que fique o sol que o resto eu cá aguento.
Rendi-me à Tangle Teezer. Depois da minha velha escova de cabelo, aquela a quem já faltavam umas cerdas e um bocado do cabo, ter sido confiscada à porta do estádio por motivos de segurança. A sério, segurança?! Continuam a haver atentados, continuam a cair aviões, continuam a assaltar casas e a roubar carteiras, continuam a entrar foguetes e material pirotécnico nos jogos de futebol e a minha escova é que fica à porta. Está certo!
Como se não me bastasse ter andado com o cabelo num desleixo total,  a minha barriga não foi de modas e seguiu-lhe o exemplo. Não tivesse eu passado por um teste negativo seguido de uma TPM que me está a arruinar o que sobrava da minha paciência, estaria agora a transformar este muro de lamentações num blogue movido a hormonas e a conversas de fraldas, bebés e kits matchy-matchy.
Enfim, as flores estão bonitas, o sol brilha e a praia já chama e tudo se há-de compor.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Então e resultados?

Boca fechada, quer dizer, entreaberta, pronto, menos escancarada, vá (ou quase, que uma pessoa também tem os seus limites), exercício, água, muita água, radiofrequência, infravermelhos, drenagens e...resultados? Ah...só vos digo que desde as 13h30 até agora já lá vão 4 idas ao wc.
Logo até já posso cortar um bocado nos exercícios porque este "senta e levanta" já conta como abdominais, não conta?
Bom, diria eu que é tudo óptimo, que está a valer imeeeenso a pena, que não é um sacrifício e que é um óptimo investimento, mas comecei hoje por isso deve ser efeito placebo. E pronto, fiquemo-nos por aqui porque já estou a teclar com bastante dificultade, quase não me aguento e daqui, de onde vos deixo, é uma corrida directa para a casa de banho!

terça-feira, 12 de abril de 2016

Assim de repente e por breves momentos pensei que estava a jogar ao stop

Só que (afinal) não...
Anita chora

Se ele soubesse que a esta hora...

...depois de ele hoje me ter deixado o seu isqueiro, o único que havia nesta casa, isqueiro esse que foi o 3 que ele me deu este mês e que, mais uma vez e tal como os antecessores, desapareceu novamente, eu estou, pacientemente, a acender um cigarro numa placa vitrocerâmica...havia de ficar orgulhoso de eu ser tão desenrascada.
(Se achavam que ele me acharia uma destrambelhada por não saber onde raio ponho os isqueiros e uma monga por me sujeitar a estas figuras ridículas só para fumar um cigarro, desenganem-se. Afinal ele não gosta de mim "do nada").
E é nestas alturas em que ele não está que vejo que um homem faz muita falta numa casa.